Caro(a) leitor(a),

Vivemos um período desafiador, combatendo um inimigo invisível que não sabemos ainda quando se dará por vencido. E é neste momento que precisamos nos unir ainda mais; pensar em soluções e alternativas para continuarmos trabalhando e cumprindo com nossos papeis na sociedade. Neste cenário, a Comunicação nunca foi tão vital como se mostra agora: isolados e com um rumo incerto, produzir e fornecer informação relevante e de qualidade faz diferença agora e renderá bons frutos futuramente.
E é justamente este o tema que destacamos nesta edição do Conexão SINOG.

Ainda, em meio a este turbilhão, a boa nova é que a ANS vem aderindo a muitos de nossos pleitos, como a Resolução Normativa 395, que contribuirá para preservar o bom funcionamento das operadoras, também assunto que abordamos neste informativo. E como Comunicação é a palavra-chave, no dia 5 de maio convidamos você e todos que atuam no universo da odontologia para uma live sobre Gestão trabalhista e previdenciária em tempo de crise – uma iniciativa SINOG e Abramge. O momento atual nos dará um primeiro de maio diferente de todos que já passamos, mas continuaremos trabalhando firmemente, certos de que, com cooperação, reinvenção e resiliência vamos conseguir ultrapassá-lo. Boa leitura!


INFORMAÇÃO RELEVANTE É CRUCIAL PARA FORTALECER A COMUNICAÇÃO EM
TEMPOS DE CRISE



No cenário atual, as equipes de Comunicação das empresas têm sido essenciais porque não se sabe como conter o vírus; mas, uma coisa é certa: a informação continua sendo a melhor opção e não pode ser negligenciada. Por isso, compartilhamos neste espaço como têm sido as experiências da Amil Dental e da Odontobase – ambas filiadas ao SINOG - em suas comunicações com os associados.

Com um universo de 15 mil credenciados, a Amil Dental intensificou a comunicação com os dentistas da rede, produzindo conteúdo exclusivo sobre o cenário atual e reforçando as orientações técnicas do CFO. Vídeos em suas redes sociais, e-mail marketing e conteúdos dirigidos em seu portal institucional e na plataforma do programa de relacionamento Conexão Dentista têm sido as principais ferramentas nesse processo.

“As comunicações abordam desde fake news a orientações para uma boa entrevista clínica, sempre de forma didática. Também criamos um infográfico com o mapa do Brasil em que o dentista visualiza as recomendações dos conselhos regionais de odontologia em cada estado do país”, explica Patrícia Colombo, gerente de Produto da Amil Dental. “Com o objetivo de ampliar o apoio, estabelecemos parceria com o portal de Educação do UOL para disponibilizar acesso gratuito a 40 cursos on-line voltados para a área da saúde”, finaliza Patrícia.

Na Odontobase, o processo de comunicação também ganhou mais espaço. Assim que anunciada a pandemia pela OMS, a empresa elaborou e enviou orientações aos seus 150 credenciados, optando pelo envio personalizado de e-mail e também por ligações telefônicas para uma comunicação eficaz com seu público. Ou seja, aqui a opção foi pelo contato direto da equipe da área de Relacionamento Odontológico ao invés do tradicional e-mail marketing, com o objetivo de garantir que todos receberiam a informação. A comunicação via redes sociais, por sua vez, foi intensificada com os beneficiários.

Outra ferramenta que ganhou importância no relacionamento com seus clientes foi o WhatsApp. De acordo com Claudio Denipoti, diretor da Odontobase, o WhatsApp tem sido um aliado essencial no envio de recomendações e orientações para os credenciados. “Com a ferramenta é possível obter informações diversas dos dentistas credenciados, como por exemplo, se irão atender a consultas emergenciais. Priorizamos que a troca de mensagens entre nossa equipe e credenciados pelo aplicativo seja praticamente simultânea durante o período comercial”, destaca Denipoti. Bons exemplos de como reagir em uma crise, com comunicação ativa e eficaz. E na sua operadora, como tem sido a experiência? Conte para nós por meio do e-mail sinog.comunicacao@sinog.com.br.


E A REGULAÇÃO DO SETOR, COMO TEM PASSADO EM MEIO À CRISE PANDÊMICA?


Segundo Virgínia Rodarte, assessora Técnica Jurídica do SINOG, a ANS está atenta às movimentações do mercado em razão do atual momento, discutindo permanentemente com o setor de planos de saúde medidas para o enfrentamento da pandemia. Várias decisões da autarquia federal têm contribuído para preservar o bom funcionamento das operadoras e corroborar com medidas para o isolamento social, entre elas a prorrogação de prazos das obrigações, além da flexibilização dos prazos contemplados na Resolução Normativa nº 395, que trata das regras aplicáveis às solicitações de procedimentos apresentados pelos beneficiários, alinhadas com a ampliação de prazos máximos de garantia de atendimento.

“Diante das diversas ações promovidas pela ANS recentemente, como prorrogações de prazos de obrigações das operadoras, flexibilização de normas prudenciais de regulação, medidas temporárias no âmbito da fiscalização, orientações sobre canais de atendimento, entre outras iniciativas, evidencia-se que a agência reguladora está alinhada com as demais autoridades brasileiras para evitar a disseminação do vírus da COVID-19 entre os profissionais da saúde e população, além de contribuir para o funcionamento das operadoras”, diz Virgínia.


PROGRAME-SE!


No dia 5 de maio, às 16h, acontece Live sobre “Gestão trabalhista e previdenciária em tempo de crise”, exemplificando com ações realizadas pelo Governo Federal. Os convidados confirmados para discutir o tema são: Rogério Prates Periard, Gerente Consultivo Trabalhista da UHG Brasil, Tatiana Carmona, Diretora Executiva da área de People Advisoy Services da Ernest Young, Rose Gabay, diretora de recursos humanos da OdontoPrev, e Daniela de Andrade Bernardo, sócia do escritório de advocacia Machado Nunes, sob mediação de Marcos Novais, economista-chefe do SINOG. A iniciativa é da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge) e do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo (SINOG). Para participar inscreva-se pelo link https://cutt.ly/FydiYBF.

VOCÊ JÁ SEGUE O SINOG NAS REDES SOCIAIS?

Que o Ministério da Economia tem adotado medidas emergenciais para minimizar os impactos financeiros causados pela pandemia? “Estamos trabalhando incessantemente e acompanhando de perto os efeitos da crise sobre as operadoras de planos odontológicos. Entre as boas novas para o setor está a prorrogação do PIS e COFINS, de modo que o tributo relativo às competências de março e abril passa a ser devido nas competências de julho e setembro de 2020, conforme Portaria Nº 139 do Ministério da Economia e Instrução Normativa Nº 1932 da Secretaria Especial da Receita Federal”, diz Marcos Novais, economista-chefe do SINOG. Confira abaixo algumas medidas importantes anunciadas pelo governo em abril!

-    Parcelamento simplificado – Adia para 2021 o aumento do valor da parcela mínima;

-    IRPJ/CSLL – Exclusão do lucro líquido da ajuda compensatória mensal devida pelos empregados em razão da suspensão temporária do contrato de trabalho;

-    IOF – Alíquota zero – operações previstas nos incisos I a VII do art. 7 do Decreto 6.306/2007.

-    PIS/COFINS – Redução temporária a zero das alíquotas sobre receita de venda

Lives, webinars e uma série de eventos online têm ganhado relevância em tempos de isolamento e home office, seja para debater temas entre especialistas ou trazer conteúdos como cursos para formação ou reciclagem de profissionais.
Abaixo indicamos alguns que podem ser úteis aos nossos associados:

FUNDAÇÃO DOM CABRAL

A escola para executivos Fundação Dom Cabral disponibiliza, por meio de seu canal no Youtube, seminários sobre temas como inovação e gestão. A transmissão é sempre realizada às 16h. Veja a programação e assista às discussões que já
aconteceram aqui.


DOCUSIGN

A multinacional que criou a assinatura eletrônica tem disponibilizado uma série de webinars para auxiliar as organizações na gestão de documentos na nuvem como contratos de fornecedores e prestação de serviços. Confira mais detalhes aqui.

STARTSE

A empresa de educação executiva continuada Startse disponibilizou um programa de capacitação com duração de cem horas. Em aulas ao vivo (que ficam disponíveis por 24 horas), os sócios da empresa abordam temas como a preparação do profissional para o modelo econômico atual e o que as empresas devem fazer para adaptar fluxos e melhorar sua gestão. Para mais informações, clique aqui.


FGV

A Fundação Getúlio Vargas liberou o acesso a 55 programas em sua plataforma. É possível usar o tempo de quarentena para aprender sobre matemática financeira, gestão e história. Clique aqui e confira.