É com imensa alegria que, a partir desta edição do Conexão SINOG, compartilharei mensalmente com vocês os assuntos relevantes do mercado odontológico e as novas conquistas da entidade, que passei a presidir
em setembro.

Mas antes quero me apresentar, eu sou o Roberto Cury e comecei a minha carreira como cirurgião-dentista. Abri a minha própria operadora em 1986 e, 21 anos depois, ela foi incorporada pela OdontoPrev, onde atuo desde 2008. Atualmente, exerço o cargo de Superintendente de Relações Institucionais da empresa.

Embora a odontologia suplementar tenha avançado muito nos últimos anos, principalmente em razão do aumento no número de beneficiários, temos ainda grandes desafios pela frente e um deles é demonstrar a ótima relação de custo-benefício dos planos odontológicos.

Contribuir para o aumento no número de usuários de planos odontológicos, de maneira sustentável, democratizando o acesso à saúde bucal e consequentemente fortalecendo o segmento.

Estou muito entusiasmado e empenhado em cumprir essa missão de maneira exemplar e conto com a colaboração de todos para que, juntos, possamos mostrar ao Brasil a importância da odontologia suplementar.

Roberto Cury

 


• O SINOG conseguiu reverter junto à ANS a decisão de suspensão de reajustes para planos exclusivamente odontológicos. Isso porque a entidade apresentou para a Agência ponderamentos sobre as particularidades
do segmento para que houvesse uma orientação
distinta para os planos odontológicos devido às
suas especificidades.
Desta forma, cada operadora, seguindo seus procedimentos contratuais, poderá realizar reajustes,
se necessário.

Segundo a Nota de Acompanhamento de Beneficiários divulgada pelo IESS – Instituto de Estudos de Saúde Suplementar, o segmento de planos odontológicos alcançou em julho deste ano um crescimento de 2,7% no número de beneficiários em relação ao mesmo mês do ano passado.
Entretanto, durante os quatro primeiros meses da pandemia (abril a julho) houve queda de contratações em 1,2%, com 318 mil usuários a menos, principalmente nos planos coletivos empresariais. Atualmente, 25,3 milhões de pessoas possuem um plano odontológico o que corresponde a 12% da cobertura da população brasileira.


 

O SINOG organizou a live “LGPD na Odontologia Suplementar” no dia 18 de agosto e contou com um prestigiado time de especialistas para debater o tema: Angélica Carlini, doutora em direito e advogada no mercado de seguros e sócia da Carlini Sociedade Advogados, Tae Young Cho, sócia-fundadora da GCAA, empresa especializada na implantação de programas de governança e privacidade, Rodrigo Aguiar, diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS e André Chidichimo, superintendente Jurídico da OdontoPrev, que fez a mediação da discussão. Abaixo destacamos alguns trechos do rico debate:

“Na minha concepção, a LGPD só tem vantagens. A primeira delas é que é a cara do Brasil que nós queremos. Ela coaduna com os esforços que estamos fazendo...foram esses esforços que aprovaram a Lei Anticorrupção, a Lei Contra a Lavagem de Dinheiro e, mais recentemente, a Lei de Liberdade Econômica e ao passado a aprovação das agências reguladoras e as suas especialidades. Esse modelo traz a ética para o centro do debate”, avaliou
Angélica Carlini.

“Eu ouvia das empresas: - será que essa lei vai pegar? E o primeiro ponto que sinalizava é que a lei já pegou e não entendemos isso. Na falta de uma autoridade (em referência à Autoridade Nacional De Proteção De Dados), teremos outros órgãos que vão suprir a fiscalização e a competência para fazer as análises que envolvem o uso indevido de dados. Não podemos esquecer que o Brasil tem uma história baseada no Código de Defesa do Consumidor e, antes disso, a Constituição, que traz garantias individuais”, ressaltou Tae Young Cho.

Se você quer assistir a íntegra desta live basta acessar o canal do SINOG no Youtube - youtube.com/sinog



VOCÊ JÁ SEGUE O SINOG NAS REDES SOCIAIS?

O SINOG tem o prazer de anunciar a entrada da
Dra. Fernanda Ceneviva de Athayde Monseur como Superintendente Técnica. Cirurgiã-dentista com MBA
em Gestão de Saúde, já trabalhou clinicamente e posteriormente levou seu conhecimento para a
área de gestão.

Atuou na criação e desenvolvimento de produto, respondendo como head da operação na Lincx Serviços
de Saúde, e, adiante, foi responsável pelo produto odontológico de nicho e relacionamento com Rede Credenciada na Amil. Foi responsável pela operação odontológica da Unimed Odonto por dois anos e em 2017 iniciou novo projeto na Asisa Dental, empresa espanhola,
a qual respondia como Diretora Técnica e de Expansão
até maio de 2020.

Endossando a premissa de ser uma profissional que atuou em diversas frentes e que tem muito a agregar ao SINOG, sua contratação corrobora com o foco da nova gestão em democratizar o acesso à saúde bucal no país por meio do fortalecimento e expansão da Odontologia Suplementar e também na busca de um relacionamento mais próximo com os principais stakeholders do segmento odontológico: operadoras, prestadores, entidades de
classe e agência reguladora.

Desejamos boas-vindas e sucesso à Dra. Fernanda Ceneviva tendo a certeza de que sua chegada vem para vislumbrar novos objetivos, promover e consolidar o segmento odontológico.








POCKET SIMPLO

O Pocket Simplo, versão reduzida e customizada do Simpósio de Planos Odontológicos para o período pandêmico,
acontece nos dias 24, 25 e 26 de novembro. O evento será gratuito e on-line. Programe-se!
Mais informações na próxima edição do Conexão SINOG.