Os números de beneficiários dos planos exclusivamente odontológicos continuam crescendo. Entre o 4° trimestre de 2016 e o 1° trimestre de 2017, foi registrado crescimento de 1 milhão de novos beneficiários, totalizando 22,5 milhões de vínculos.

Nestes dois trimestres as operadoras odontológicas absorveram, em média, 90 mil novos beneficiários por mês. Por outro lado, o crescimento das despesas assistenciais contribuiu negativamente para o resultado, evidenciando o descompasso existente entre o avanço das despesas assistenciais e a dificuldade em elevar o ticket médio no mesmo patamar.

CONFIRA OS DADOS CONSOLIDADOS NA NOVA EDIÇÃO DO CENÁRIO SAÚDE, PUBLICAÇÃO ELABORADA POR NOSSO DEPARTAMENTO ECONÔMICO

O SINOG reativou seu projeto para estreitar o relacionamento com as operadoras de odontologia de grupo de todo o Brasil. É o “Sinog na sua região”, que vai promover encontros para identificar e atender melhor às necessidades locais e do segmento. O encontro mais recente aconteceu em 28 de setembro, na cidade de Ribeirão Preto (SP), quando os participantes puderam conferir uma apresentação institucional da entidade e palestras sobre o Papel do Líder nas Organizações e sobre a Reforma Trabalhista. A próxima cidade que deverá receber o projeto é o Rio de Janeiro no dia 14 de Dezembro.

ACOMPANHE EM NOSSO PORTAL

O presidente do Sinog, Geraldo Almeida Lima, escreveu um artigo fazendo referência à atual conjuntura do mercado de planos odontológicos. Baseado nos dados elaborados pelo departamento econômico do Sinog, publicados na segunda edição de 2017 do Cenário Saúde, Geraldo apresenta o aumento do número de beneficiários do segmento. Também acende um alerta para o descompasso entre o avanço das despesas assistenciais e a dificuldade de aumentar o valor do ticket médio no mesmo patamar – o que pode prejudicar a sustentabilidade do segmento.

CONFIRA NA ÍNTEGRA