Odontologia

Postado em:21/06/2017

Fonte: Odontologia de Grupo em Revista Nº 27 – Elisandra Escudeiro

Image Description

Sorriso brilhante

Hábitos simples podem ajudar a conquistar dentes brancos e saudáveis

Para manter os dentes brancos e acima de tudo saudáveis, é indispensável ter uma higiene bucal adequada, já que saúde e beleza estão interligadas. Há, no entanto, quem não dispensa as pastas branqueadoras e métodos utilizados por dentistas nos consultórios para deixar os dentes mais brancos. Mas é preciso lembrar que não é só uma questão de estética. Por isso aproveitar técnicas simples, que vão de hábitos de higiene ao tipo de alimento consumido, ajudam a conquistar um sorriso brilhante, mais bonito e saudável.

Os dentes são órgãos que apresentam na sua constituição tecidual um alto teor mineral, o que os tornam estruturas bastante rígidas e muito resistentes. Conforme explica Helenice Biancalana, diretora do Departamento de Prevenção e Promoção da Saúde da  Associação Paulista de Cirurgiões- Dentistas – APCD, os dentes possuem vários minerais como o magnésio, fósforo, cálcio, potássio, sódio, estrôncio, estanho e lítio. “A escassez ou ausência destes minerais leva à hipoplasia, ou seja, afeta a mineralização do esmalte, gerando dentes com imperfeições, pouca resistência às forças mastigatórias, manchas brancas ou amarelas e tendência à cárie”, diz.

A cárie dentária é uma doença infecciosa e pode ocorrer quando há uma associação entre uma dieta inadequada, rica em sacarose e carboidratos, higiene bucal deficiente, ocorrendo o acúmulo da placa bacteriana, principal fator de risco para esta doença. Além de levar a outras doenças da cavidade bucal como gengivite, doença periodontal (infecciosa), formação de placa bacteriana e cálculos (tártaro), halitose, aftas e herpes.

O esmalte dentário consiste no revestimento exterior da coroa (parte visível) do dente com uma ca mada externa de 2 mm de espessura, que varia ao longo da superfície. É um tecido translúcido, por isso, deixa transparecer a cor ligeiramente mais escura da dentina ou qualquer material abaixo do esmalte dentário. De acordo com Miguel Simão Haddad, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica – SBPqO, o esmalte é a camada protetora periférica do dente e a estrutura mais resistente do corpo. “Ele é formado por 96% de mineral (hidroxiapatita) e 4% de componentes orgânicos (proteína), além de água”, reforça.

Para os especialistas, o elevado conteúdo mineral do esmalte o torna suscetível a uma série de problemas. “A desmineralização é uma delas e pode ser desencadeada pela cárie dentária. Outro problema que afeta o esmalte dos dentes é o atrito, principalmente por conta do bruxismo (ranger e apertar os dentes). O atrito provocado por elementos externos, a exemplo do uso inadequado da escova dental, também é prejudicial, além da erosão provocada por processos químicos, como a ingestão de ácidos encontrados em refrigerantes e sucos de bebidas cítricas como o limão”, avisa Haddad.

Dentes saudáveis

A coloração dos dentes é individual para cada pessoa, e alguns fatores influenciam, como os genéticos, congênitos, metabólicos, químicos, infecciosos e ambientais. “A higienização bucal é fundamental para manter não somente o esmalte saudável, mas, sobretudo, a cavidade bucal equilibradamente sadia. Desenvolver hábitos saudáveis de alimentação, consumindo os alimentos fibrosos, como verduras, legumes e frutas, também exige maior mastigação e contribui para o bem-estar geral”, lembra Biancalana.

É sempre bom investir em uma alimentação variada, que forneça vitaminas, minerais e fibras, não se esquecendo da água, que ajuda a equilibrar o pH bucal e manter o constante fluxo de saliva. As frutas e legumes, alimentos considerados “detergentes”, como a pera, maçã, cenoura e laranja, também podem eliminar resíduos de outros alimentos que ficaram aderidos à superfície dental.

“Vale ressaltar ainda que é importante evitar vícios como o tabagismo, que mancha os dentes, assim como o alcoolismo, que provoca destruição da flora bacteriana bucal”, explica Haddad. Segundo o especialista, entre os alimentos e líquidos que ocasionam o aparecimento da cárie, causando lesões no esmalte, está o açúcar, em todas as suas formas: doces, refrigerantes, bebidas ácidas, biscoitos, bolachas etc. A alta frequência de ingestão desses alimentos e líquidos citados com a falta da higienização bucal pode levar a riscos danosos e muitas vezes irreversíveis.

Dicas para manter o esmalte dos dentes saudável

  1. Ter uma alimentação saudável, equilibrada e em horários regulares.
  2. Deixar para a sobremesa doces caseiros ou o chocolate e outros.
  3. Nos lanches intermediários, entre as refeições, recorrer sempre a alimentos como queijos brancos, lanches naturais, frutas, e beber muita água.
  4. Fazer uso do fio dental após as refeições.
  5. Escovar os dentes após as refeições (café da manhã, almoço e jantar), lembrando que aguardar pelo menos 20 minutos é recomendável para que o pH bucal se restabeleça.
  6. Usar sempre dentifrício (creme dental) fluoretado nas escovações dentárias.
  7. Utilizar escovas com cerdas macias e adequadas à necessidade de cada um.
  8. Realizar sempre uma técnica de escovação adequada às habilidades individuais.
  9. Lavar em água corrente e higienizar a escova de dente após a sua utilização.
  10. Armazenar a escova de dente em local arejado distante de ambiente contaminável (e deixar o vaso sanitário sempre fechado).

*Fonte: APCD

 

Voltar



Fale Conosco




Rua 13 de Maio, 1540 - Bela Vista - 01327-002 - São Paulo
sinog.secretaria@sinog.com.br
+55 11 3289-7299